[RESENHA] Pearl Jam Twenty

Livro: Pearl Jam Twenty

Autor: Pearl Jam e Cameron Crowe

Editora: Simon & Schuster

Estou ensaiando esse post a mais de uma semana já... Parece que hoje ele finalmente vai sair! Acho que demorei a escrever por ser tão difícil falar dessa banda, que é tão tão especial, e de longe a minha preferida de todos os tempos.

Conheci o Pearl Jam lá por 1999, eu tinha uns 11 anos... mas demorou mais uns 2 anos até que eles arrebatassem meu coração em definitivo <3

Em decorrência da turnê brasileira que se encerrou no ultimo domingo, no Rio de Janeiro, já tinha me planejado para resenhar o “Twenty”.



Esse livro saiu em 2011, junto com uma série de lançamentos que comemoravam os 20 anos da banda.

Comprei ainda naquele ano, importando da Amazon americana, mas naquela época meu inglês não passava de “The book is on the table”, então o máximo que consegui foi olhar as fotos maravilhosas que tem no livro.




tem até foto da primeira turnê no Brasil *_*   -   Curitiba/2005

Com o tempo, o inglês foi evoluindo, e arrisquei algumas paginas, com ajuda do google tradutor, mas somente esse ano, sem mais grandes problemas com a língua, e com tempo livre (férias!) consegui ler o livro inteiro!

E que livro! Sou muito suspeita pra falar do Pearl Jam, e, como vocês já sabem, gosto de biografias. Mas esse é um pouco diferente. Parece um diário. Tem algumas datas, e o que de importante aconteceu nelas, e relatos da banda, ou de amigos, entrevistas, etc. É um formato muito legal! Gostei muito.



Conta desde a formação do Mother Love Bone, com Stone Gossard e Jeff Ament, e como depois da morte de Andy Wood, vocalista do Mother, o Pearl Jam surgiu. Fala dos lançamentos de cada disco, como eles repercutiram, a opinião da própria banda sobre eles, as turnês, situações marcantes na carreira como a briga jurídica com a Ticketmaster por cobrar preços abusivos em ingressos, e o acidente no festival Roskilde, na Dinamarca, que matou 9 fãs, e vai até 2010, quando a banda completou 20 anos, e o disco Backspacer foi premiado como disco de rock do ano no Grammy.






Sobre Roskilde =/

Li o livro inteiro (quase 400 paginas, e ele é enorme – uns 30 cm de altura) em uns 15 dias! E olha que costumo demorar mais pra ler em inglês.

A única coisa que não gosto no livro, é que o texto não é justificado(!!!!). Inacreditável! Um livro tão lindo, com esse defeito de edição (e já olhei no de outras pessoas, pra ver se era assim só no meu...). TOC de leitor detected! (Vejam na foto!)

Mas num geral, só me apaixonei mais! Os caras são muito humanos, e tem um respeito enorme pela vida. Além de ser engajados em diversas causas sociais (vocês viram que eles doaram o cachê do show de Belo Horizonte para Mariana?). É muito amor, gente! E não estou dizendo isso porque ainda estou anestesiada pela turnê, na qual fui em dois shows extremamente arrebatadores. Se você gosta de rock, vale muito a pena ler, e se apaixonar também! =p

Ah Thayz, mas é em inglês e eu não manjo nada!
Não se preocupe, porque a Editora Best Seller está finalmente lançando em português!!! Fiquei sabendo semana passada, e já quero! Lançamento previsto para sexta feira. ;)


PS: eu ando com esse livro a tiracolo atrás dos caras desde 2013, onde os autógrafos começaram. Ainda faltam dois. Não consegui nenhum nessa vez =/ Já ansiosa para a próxima tour, a espera de conseguir fechar o livro com Jeff Ament e Eddie Vedder!!!

rabisquinho
rabisquinho

rabiscão sem miséria! =p
waiting for rabisco
waiting for rabisco




Um comentário

  1. Ola...tb me.incomoda o texto nao justificado, mas é padrao para esse tipo de publicação. ;)

    ResponderExcluir

© Rodapé de Livros - Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayz e Isabella.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo